sexta-feira, 30 de março de 2012

Clarah Averbuck


Esses dias eu peguei na biblioteca um livro intitulado "25 mulheres que estão fazendo a nova literatura brasileira", uma coletânea de contos que tem sido uma ótima companhia nesses últimos dias. Espero conseguir escrever sobre todas elas aqui no blog, a começar pela Clarah.


Clara (sem o agá mesmo) Averbuck Gomes nasceu em Porto Alegre, em 1979. Seu pai era músico, e sua mãe estudante de jornalismo, um jovem casal hippie que criou sua filha rodeada de livros. Talvez por isso mesmo, Clara odiava a escola, tanto que parou de estudar no meio do segundo grau. Fez supletivo pra poder entrar na faculdade. Feito o supletivo, cursou letras e depois jornalismo, na PUC-RS, mas não passou de um semestre em cada curso.

Como vcs podem perceber, uma garota altamente inquieta.


Começou a escrever e publicar seus textos na internet. Passou por sites como Não-til, da Casa de Cinema de Porto Alegre, e depois pelo CardosOnline. Mas aí ficou de saco cheio de Porto Alegre e, aos 22 anos, mudou-se pra São Paulo.


Foi morar no quarto de empregada de um amigo, que morava na Vila Madalena. Logo no terceiro dia que estava em SP, começou a escrever aquele que seria seu primeiro romance, Máquina de Pinball, publicado no ano seguinte. Nesse mesmo ano criou um blog chamado Brasileira!preta, que chegava a ter 1800 acessos por dia. Pra quem quiser dar uma espiada, os texto ainda tão todos lá. http://brazileirapreta.blogspot.com.br/


Quando esse amigo se mudou, Clarah foi pra casa de um outro amigo. E quando esse se foi, ela se virou, arrumando uns trampos esporádicos e dando seus pulos. E assim foi. Em 2003 publicou Das Coisas Esquecidas Atrás da Estante, e em 2004 Vida de Gato. Daí ela abandonou o antigo blog e em 2006 passou a escrever nesse aqui, ó: http://adioslounge.blogspot.com.br/ .


Mas o rolê de Clarah não fica restrito ao campo literário. Ela também é vocalista de algumas bandas. A mais ativa e conhecida (que consegui encontrar e tal) é o Clarah Averbuck & The Oneyedcats. O link tá aqui, se vcs tiverem afim de dar uma escutadinha. http://www.myspace.com/oneyedcats.



Ah, antes que eu me esqueça de mencionar, dois de seus livros foram adaptados no filme do Murillo Salles, Nome Próprio. É um bom filme, vale a pena dar uma conferida. Hoje, Clarah se dedica à escrita de dois livros, além da música e dos blogs. Aliás, aí vai os links pra dois de seus atuais trabalhos.

Essa é a Catarina, filha de Clarah.
http://entretenimento.r7.com/blogs/clara-averbuck/

http://entretenimento.r7.com/blogs/ex-trico/

Unh... acho que é isso.


2 comentários:

  1. encantado
    pergunta: você sente necessidade de controlar seu parceiro?

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir